Pizza de Peru, Cebola e Mozzarella

Adoro pizza… tornou-se quase um ritual para mim às 6ª feiras comer pizza ao jantar. Todavia era capaz de comer pizza a qualquer hora do dia… literalmente! Se sobrar pizza de um jantar, podem ter a certeza de que vai ser o meu (não saudável) pequeno-almoço no dia seguinte.
 
No entanto ando a tentar mudar algumas coisas na minha alimentação: deixei de beber leite (mas ainda consumo os seus derivados), não como pão branco nem iogurtes gregos (por vezes comia dois e três no mesmo dia!), evito devorar pacotes de bolachas de uma vez e assim sucessivamente… por isso, resolvi tornar um dos meus snacks favoritos mais saudável substituindo a típica massa de pizza por folhas de wrap e o resultado foi surpreendente!
 
Pizzas prontinhas em 5 minutos, com uma massa fina e estaladiça e ingredientes frescos e saudáveis (quase todos vá!) na cobertura… ainda por cima os meus favoritos! Pronto, falta o bacon (que eu adoro de paixão!) mas é por uma boa causa, já que a Organização Mundial de Saúde descobriu recentemente (já não sabíamos disso?!) que os alimentos processados fazem mal à saúde…

 

Continuar a ler

Arroz de Pescada à Algarvia

A pescada é um peixe fantástico, dos meus favoritos! Muito parecida com o bacalhau, porque com ela podemos confeccionar 1001 receitas… basta dar largas à imaginação ou até mesmo inspirarmos-nos nos velhos clássicos, nas receitas típicas da gastronomia portuguesa.
 
E foi precisamente isso que me conduziu a este arroz à algarvia… o peixe esse pode ser o da vossa preferência claro. O sabor estará lá com toda a certeza! E o importante mesmo é saborear… experimentem, vale a pena e só sujam um tacho… fantástico!

Continuar a ler

Tarte Vegetariana

Por vezes os obstáculos que a vida nos prepara levam a melhor, e acabamos por nos deixar ir abaixo… foi o que aconteceu comigo no fim do ano passado, e isso refletiu-se na minha vontade de cozinhar, de publicar, de atualizar o blogue.
 
Uma vozinha desse-me no fim do ano que 2015 ia ser um ano muito bom para mim, que eu merecia e que este seria o meu ano… acho que a pessoa em causa devia montar uma barraquinha de previsões ali na esquina, porque não podia estar mais certa!
 
Tenho vivido 2015 de uma forma completamente diferente… preocupo-mo muito mais comigo, com o que eu quero, com o que me apetece ou não fazer. O trabalho, o amor, as relações familiares estão bem, a saúde também está em alta e os desafios começam a surgir… e se calhar era mesmo de um bom desafio que eu precisava para voltar…
 
A Limiano desafiou-me uma vez mais para uma pequena competição saudável para, juntamente com outros blogues, criar uma receita original e criativa, utilizando um novo produto, Limiano Ralado. Adoro queijo flamengo, adoro queijo Limiano e não podia ter ficado mais motivada… pensei, pensei, pensei e decidi fazer uma receita a partir de aproveitamentos de vários legumes que se acumulavam no frigorífico. Uma tarte salgada, vegetariana, fácil de confeccionar e absolutamente deliciosa foi a solução encontrada!

Continuar a ler

Paella do Mar Rústica

A paella deve ser, sem dúvida, um dos pratos mais famosos e apreciados da cozinha espanhola… são diversas as combinações de sabores que podemos utilizar numa paella, basta dar largas à imaginação. Desta vez saiu uma paella do mar na qual exagerei claramente na harissa… ficou muito picante (não se preocupem, já ajustei a quantidade que aparece nos ingredientes), bem caliente como diriam nuestros hermanos
 
Devem reparar que falta algo numa fotografia… pois bem, eu esqueci-me de colocar a salsa quando fotografei, apenas me lembrei dela quando foi servida, e podem encontrar uma fotografia “completa” no meu Instagram.
 
Se ainda não experimentaram paella… bem, nem sabem o que estão a perder! Recomendo vivamente, é um prato muito fácil de confeccionar, além de ser delicioso para a vista (sim, porque os olhos também comem… e muito!) e para o paladar.

Continuar a ler

Esparguete Salteado com Camarões e Pérolas do Mar

Sou cada vez mais fã de massa (especialmente esparguete e tagliatelle) com camarões e marisco em geral… experimentei há alguns meses, e coloquei inclusive a receita aqui no blogue, e agora sempre que preciso de uma refeição rápida mas mega deliciosa faço este género de massas!
 
Desta vez adicionei também as Pérolas do Mar da Pescanova, das quais já tinha ouvido muito falar e que estava ansiosa por experimentar também. Tratam-se de potas limpas cortadas em rodelas, já limpas e arranjadas, embaladas a vácuo e prontas a consumir. Ficaram simplesmente deliciosas com os camarões e um molho de tomate e manjericão muito saboroso que fez as delícias de todos cá em casa… recomendo muito esta receita, experimentem!

Continuar a ler

Tagliatelle com Camarões Picantes

No novo livro do Jamie Oliver, Poupe com Jamie, existem várias receitas que me ficaram debaixo de olho… e as receitas de massas à base de tomate chamavam por mim impiedosamente… e pronto, daí nasceu esta adaptação à qual adicionei uns camarões maravilhosos, cheios de sabor! Estava com receio que o molho retira-se o sabor dos camarões, mas realmente é uma das vantagens em apostar em produtos de qualidade, como os produtos Pescanova, porque mantiveram todo o seu sabor, que foi realçado pelo molho de tomate e pimento.

Sem dúvida a minha receita favorita de tagliatelle do momento! Já a repetimos várias vezes cá em casa e, apesar de não ser adepta de comida picante, devo dizer que assim fica maravilhosa, recomendo mesmo que experimentem porque não se vão arrepender!

Continuar a ler

Salada de Arroz Vegetariana

Nos tempos que correm cada vez mais, por falta de tempo ou devido à crise económica, se recorre à moda das marmitas, seja para a escola ou para o trabalho. E também eu, várias vezes por semana, a utilizo principalmente porque ando sempre a correr, com uma montanha de coisas para fazer… e pouco tempo para almoçar e estar em filas intermináveis à espera!
E uma das minhas refeições de marmita favoritas é esta! Uma bela salada de arroz fria, cheia de legumes maravilhosos e frescos que, sinceramente, me enche as medidas e me satisfaz completamente.
Além de ser uma refeição deliciosa, super rápida e rápida, que se faz em 5 minutos literalmente, ela permite aproveitar as sobras que se acumulam no frigorífico, sendo por isso bastante económica (custo inferior a 1€) sem deixar de ser saudável, nem de estar repleta de nutrientes, proteínas e vitaminas essenciais.

Ingredientes:

Preparação:
1. Numa taça misture o arroz com o tomate e o pimento cortados em cubos e a cenoura ralada.
2. Tempere com molho de coentros e alho a gosto e misture bem. Adicione um ovo cozido cortado em pedaços e envolva ligeiramente.
3. Coloque a salada numa marmita e decore com o outro ovo cozido cortado em gomos. Reserve no frigorífico até levar para o emprego, escola, etc. Pode ser consumido frio ou à temperatura ambiente.
Nota – Pode usar sobras de arroz branco, arroz de ervilhas, cenoura, cogumelos, etc. Senão tiver sobras de arroz coloque um tacho com água ao lume, temperatura com sal, e coza arroz agulha ou basmati. Quanto estiver cozido passe-o por água fria, escorra e está pronto a utilizar.

Paella Rústica

A paella é um prato típico da gastronomia espanhola, à base de arroz, também conhecido em Portugal como arroz à valenciana devido às suas origens. Originalmente era confeccionado por camponeses que lhe juntavam carne de caça e legumes da estação; atualmente, e devido à sua difusão pela zona costeira, foram introduzidos na sua confecção frutos do mar, tais como a ameijoa, mexilhão, camarão, etc.
Esta é uma receita diferente, mas muito saborosa, que adoro preparar e saborear… a paellera permite que o arroz cozinhe uniformemente e, tradicionalmente, deve deixar-se que o arroz agarre ao fundo da paellera, não mexendo muito, para que possua um leve sabor caramelizado. Pessoalmente não gosto, mas mantenho a tradição no sentido de que esta paella foi feita em forno de lenha… espero que compense!

Ingredientes para 4 pessoas:

  • 400 g de arroz carolino Bom Sucesso
  • 6 coxas de frango
  • 100 g de chouriço de colorau
  • 500 g de ameijoa vietnamita
  • 200 g de argolas de lulas
  • 200 g de camarão cozido descascado
  • 10 gambas grandes
  • 175 g de ervilhas
  • 1 L de água
  • 1 cubo de caldo de galinha
  • 75 ml de vinho branco
  • pimento vermelho q.b.
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 3 cravinhos
  • açafrão das Índias q.b.
  • mistura de 5 pimentas q.b.
  • sal q.b.
  • azeite q.b.

Preparação:

1. Coloque as ameijoas numa taça com água fria e sal, para que larguem as areias, cerca de 1 a 2 horas.
2. Entretanto coza o frango na água com o caldo de galinha e os cravinhos, previamente temperada com sal e pimenta.
3. Pique a cebola e o alho e leve a refogar com um fio de azeite numa paellera.
4. Junte ao refogado as rodelas de chouriço e as ervilhas e deixar cozinhar. Adicione o açafrão das índias, bem como o frango e as argolas de lulas.
5. Junte o arroz e o vinho branco. Deixe o vinho branco reduzir e adicione o caldo de cozedura das coxas de frango. Tempere com sal, pimenta e se necessário adicione mais açafrão.
6. Disponha por cima do arroz, as gambas inteiras e o miolo de camarão. Ao fim de 5 minutos, reduza para lume brando e deixe cozinhar até que a água evapore quase na totalidade.
7. Adicione as tiras de pimento.
8. Desligue o lume e deixe o arroz repousar cerca de 5 minutos tapado. Sirva de seguida polvilhado com salsa fresca picada.

Lanches Especiais

Desde que fiz aquela fantástica bola de carne cá em casa que a versatilidade da sua massa têm sido explorada… já serviu para inúmeras bolas e para inúmeros lanches especiais… e acreditem que os lanches nada ficam a dever aos que se comem por aí em pastelarias e confeitarias… nada mesmo! É verdade que ficam um pouco “toscos” mas acreditem que o seu sabor e textura compensarão um milhão de vezes a sua aparência desleixada… além de que estes foram os meus primeiros lanches, dêem-me um desconto…
Eu utilizei bacon e fiambre mas, obviamente, podem utilizar a charcutaria da vossa preferência: chouriço, paio York, presunto, linguiça… o que quiserem! Mas, se gostarem de tomate e pimento não os dispensem, dão um toque divinal a estes lanches!

Ingredientes para 8 lanches:

  • 500 g de farinha T65
  • 1 pacote de fermento de padeiro *
  • 80 g de manteiga derretida
  • 2 ovos
  • 50 g de açúcar
  • 15 g de sal grosso
  • 160 ml de leite
  • 8 fatias finas de bacon
  • fiambre q.b.
  • queijo q.b.
  • pimento verde ou vermelho q.b.
  • tomate q.b.
  • leite q.b.

* (as gramas variam de marca para marca) ou 1 cubo de fermento fresco

Preparação:

1. Numa taça coloque a farinha e faça uma espécie de “cova” no meio e coloque aí o fermento de padeiro.
2. Leve ao lume o leite, a manteiga, o açúcar e o sal até estar tudo derretido, não deixando ferver.
3. Coloque na “cova” os ovos, a manteiga derretida e o leite e amasse muito bem.
4. Deixe a massa repousar, tapando com um pano, em local seco e sem correntes de ar (eu coloco-a no microondas), até que esta dobre de tamanho, cerca de 1 hora.
5. Estenda a massa em forma de rectângulo. E divida a massa em 8 rectângulos estreitos e compridos.
6. Sobre cada metade de rectângulo coloque uma fatia de bacon, fiambre, tomate, pimento em tiras e queijo. Dobre a massa sobre si e sele bem. Repita o procedimento para os restantes lanches.
7. Pincele os lanches com um pouco de leite e leve ao forno pré-aquecido nos 170 ºC durante cerca de 15 minutos.