Bolo do Caco Tradicional

O bolo do caco é um pão tradicional madeirense, que faz as delícias de turistas e locais pelo seu sabor, pela sua textura… principalmente quando barrado com uma deliciosa manteiga de alho e ervas. Estive de férias na Madeira durante 1 semana e comi bolo do caco no forno quase todos os dias… não há como resistir!

Mas não, não precisas de ir até à Madeira (embora eu recomende a viagem!) para saborear uma boa receita de bolo do caco madeirense… podes fazer os teus pãezinhos em casa! Claro que não vai ser bem igual. Nenhum local me deu a receita, embora eu tenha tentado! Mas garanto-vos que quentinhos, acabados de cozer com aquela manteiga a derreter… vos vai saber pela vida!

Esta receita rende vários bolos do caco que, pode consumir de imediato, guardar para os dias seguintes ou pode até embalar e congelar! E depois, sempre que a vontade apertar, basta descongelar, aquecer no forno durante alguns minutos e deixar que a manteiga faça o resto!

Continuar a ler

Madalenas de Limão

Madalenas ou madaleines são bolinhos em forma de concha originários de Lorraine, em França. A receita básica de madalenas leva ovos, açúcar, farinha, manteiga derretida e raspa de limão e dá origem a bolinhos amanteigados e fofos, que derretem na boca…

E estas madalenas nada têm a ver com as que se encontram nos supermercados… nada mesmo! A receita de madalenas é bem rápida e simples, por isso tens mesmo que experimentar… são do outro mundo! A parte exterior fica levemente crocante e o interior bem macio… perfeitas para acompanhar o chá ou café da tarde, ou para colocar nas lancheiras de miúdos e graúdos.

Se lhes quiseres dar um toque especial, podes adicionar cacau em pó a uma parte da massa, e fazer madalenas marmoreadas… ficam incríveis e igualmente deliciosas. Com esta receita base podes deixar a tua criatividade fluir, e adicionar frutos secos, especiarias, chocolate, enfim… o céu é o limite!

Continuar a ler

Brioche Francês

Brioche é um pão de origem francesa feito com uma grande quantidade de manteiga e ovos, que lhe dá uma textura bem macia e amanteigada. É absolutamente delicioso simples, com manteiga ou compota. Faz parte dos pequenos-almoços e lanches um pouco por toda a França, e encontra-se em qualquer padaria ou supermercado!

Os meus avós foram emigrantes lá durante muitos anos, e cresci com este pãozinho na sua versão simples e com chocolate… ambas deliciosas! Por isso decidi tentar a minha sorte em casa… e o resultado foi surpreendente! O brioche caseiro nada tem a ver com o brioche de compra (que durante tantos anos consumi)… é menos doce e incrivelmente amanteigado e, ainda morno, é um verdadeiro deleite!

A receita do brioche francês é bem simples! Requer apenas alguns passos adicionais à confecção de qualquer pão, e mais tempo de espera, porque vai levedar (ao todo) quase um dia inteiro… mas vale a espera garanto-vos!

Continuar a ler

Bolo de Fubá

Cresci a ouvir e a ver Bolo de Fubá nas novelas brasileiras… estava sempre presente na mesa do pequeno-almoço, nos lanches para as crianças… enfim, em todo o lado! Por isso tinha que ser bom, certo?! Mas eu nunca tinha feito nem provado!

Então desafiei a Alexandra a partilhar connosco num directo a sua receita de Bolo de Fubá de família e eis o resultado… um bolo super rápido e fácil de fazer, que fica pronto literalmente em 5 minutos! E depois é só colocar ao forno e esperar. Húmido, suculento, macio e leve… derrete na boca e convida a mais uma e outra fatia… ainda morno comi três fatias, só para que saibam!

Continuar a ler

Bolachas de Aveia Crocantes

Não é habitual fazer bolachas em casa mas, desde que fiz Bolachas de Aveia, que fiquem encantada! Essas bolachas são crocantes por fora, húmidas no interior, com um sabor e textura maravilhosos… mas eu queria algo mais!

Queria bolachas extra finas, extra crocante, extra viciantes! E foi só mexer nas quantidades para conseguir obter esse resultado final… simples assim! Esta receita é muito fácil, e vocês podem comprovar isso no Reels que fiz para o Instagram.

Continuar a ler

Pães de Leite e Chocolate

Desde que comecei a fazer pão em casa… nunca mais parei! Estou apaixonada por massas que precisam de levedar… e pelo seu potencial. Depois do enorme sucesso das Arrufadinhas (ou Arrufadas), tenho ousado cada vez mais, digamos assim! E estou a adorar!

Desta vez trago-vos uma receita de pães de leite e chocolate, ao estilo Manhãzitos sabem? Mas sem corantes e sem conservantes. Uma receita pãezinhos de leite caseiros fácil e deliciosa que agrada a miúdos e graúdos, e é perfeita para levarem nas marmitas para a escola ou para o trabalho!

Continuar a ler

Pão de Forma de 8 Cereais e Sementes

Nunca fui “boa” a fazer pão caseiro. Mas, no primeiro confinamento, no ano passado, permite-me experimentar a receita do Pão de Trigo Sem Amassar e tudo mudou… fiz alguns testes e nasceu a melhor receita de Pão de Trigo e Espelta.

E agora, mais recentemente, voltei a aventurar-me e, depois de umas Arrufadinhas de lamber os dedos, nasceu a receita do Pão de Forma Caseiro, perfeito para umas deliciosas torradas com manteiga… mas eu queria mais! E não descansei enquanto não adaptei a receita do pão de forma para um pão com cereais e sementes, que tanto gostamos cá em casa!

Sei que a receita parece longa e complicada… mas garanto-vos que não é! Seguindo todas as minhas indicações, e respeitando as temperaturas, irão obter um delicioso pão com cereais e sementes… e nunca mais vão querer um de compra!

Continuar a ler

Pão de Forma Caseiro

Sempre ouvi dizer que, quando se faz o primeiro pão caseiro não há volta a dar… e começo a achar que é verdade! Em Março, no primeiro confinamento, fiz o meu primeiro pão e ficou delicioso! Desde então tenho feito experiências na cozinhar e cada vez mais me surpreendo a mim própria!

Depois do sucesso das Arrufadinhas, decidi experimentar fazer a receita de pão de forma caseiro, daqueles que usam para fazer as torradas nas padarias e pastelarias! E devo dizer que, torradinho com manteiga é divinal! Mas também ficou uma maravilha nas minhas tostas de abacate.

Continuar a ler

Arrufadinhas (ou Arrufadas)

Esta é uma receita com sabor a infância… quem não comeu estas pequenas delícias, que se compravam em feiras, festas populares ou até mesmo em padarias? As arrufadinhas (ou arrufadas) fizeram parte da minha infância e, tenho quase a certeza, que fizeram parte da vossa também!

Descobri recentemente que as arrufadinhas, consoante as zonas do país, também podem chamar-se de Moletinhos de S. José, Pães de Leite, Pinhas ou Paralelos! Adoro como um país tão pequenino, tem tantas nuances na sua gastronomia e tradições!

Sempre pensei que a receita das arrufadinhas fosse difícil… sejamos sinceros, elas são tão lindas, tão perfeitas, tão fofinhas… tinha que haver algum segredo escondido. Mas não! São muito fáceis de fazer, e vão precisar apenas de ingredientes que já têm na vossa despensa! O segredo (se é que existe!) é a temperatura dos líquidos e o tempo para a massa levedar. Apenas isso! Sei que parece uma receita difícil, por ter vários passos, mas garanto-vos que não!

Podem fazer esta receita de arrufadas à mão, usando um robot de cozinha (que é como eu faço quase sempre, o meu é da Kitchenaid) ou na Bimby.

Continuar a ler