Empadão de Salmão e Espinafres

O Outono está cá em força… o Verão de São Martinho foi embora e deixou o frio, o vento gélido… por isso o ideal é chegarem as refeições reconfortantes, quentinhas, acabadas de sair do forno a lenha! Refeições feitas com amor, repletas de sabor e simplicidade.
 
Empadão… é para mim sinónimo de conforto! Sou apaixonada por puré de batata e o empadão é a desculpa perfeita para o saborear… e as opções são ilimitadas! Há para todos os gostos e feitios: carne, peixe, marisco e até mesmo legumes. Permite-nos “limpar” os restos do frigorífico e transformá-los num fantástico jantar de família!

Continuar a ler

Bolo Fondant de Chocolate e Castanhas

Nunca tinha experimentado creme de castanhas e baunilha (o famoso crème marrons!) e confesso que, quando fiz no início do mês, fiquei completamente rendida… super cremoso, aveludado, com um sabor suave a castanhas… nada enjoativo e muito viciante!
Mas prometido é devido e hoje trago-vos uma das várias receitas que tenciono preparar com este creme… começámos com um bolo de chocolate bem intenso, que podem acompanhar com chantilly caseiro ou gelado de baunilha, para momentos de profunda gula e luxúria! Um bolo fenomenal para o fim-de-semana… para saborear a dois ou sozinho!

Continuar a ler

Arroz de Pato

Arroz de pato… um prato bem português com pato e enchidos, vai ao forno até tostar e fica divinal… mas eu, pessoalmente gosto dele mais malandrinho, gosto dele ainda húmido e polvilhado com queijo ralado. Modernices! Mas são modernices bem saborosas e é a forma como mais gosto do meu arroz de pato. Quem não experimentou nem sabe o que está a perder… delicioso!

Continuar a ler

Creme de Frutos Vermelhos e Queijo Quark

O queijo quark é uma maravilha em termos nutricionais! Só o conheci quando comecei a frequentar o ginásio, a tentar saber mais sobre alimentação saudável e fitness. Antes disso comia iogurtes gregos a pacotes (sim, a pacotes literalmente!) e, como sabemos, os iogurtes são ricos em açúcar e gordura e o iogurte grego é bem capaz de ser dos piores…
 
Foi então que surgiu o queijo quark… rico em proteína (de absorção lenta), baixo em gordura e hidratos de carbono (não é nada doce, muito pelo contrário, mas é uma questão de hábito!) e de sabor neutro. Costumo comprá-lo no Lidl (versão 0% gordura) a um preço bem acessível, 0,99€ cada embalagem de 500 gramas, e utilizo-o numa grande variedade de pequenos-almoços e snacks.
 
Hoje trago uma sugestão de pequeno-almoço que preparo inúmeras vezes… a fruta essa pode ser substituída por qualquer uma da vossa preferência. Normalmente vario entre os frutos vermelhos, a manga, papaia e banana (com canela)… a textura é fantástica e é uma excelente alternativa ao iogurte grego, às bolachas e barras de cereais que costumava comer.

Continuar a ler

Gelado de Banana, Manteiga de Amendoim e Chocolate

O Verão acabou há muito já, mas eu sou da opinião que é sempre boa altura para comer um gelado. Não sei se culpa da gula ou do frio, mas no Inverno é quando mais me apetece comer um gelado e quando melhor me sabe… sim, é esquisito demais, eu sei! Mas imagine o cenário: sentado no sofá, com uma mantinha aos pés, a gata a dormitar na nossa barriga, um filme romântico na televisão (daqueles que já vimos 1 milhão de vezes mas nunca nos cansamos!) e uma taça de gelado… para mim há poucas coisas melhores.
 
E se o gelado for saudável? Sim!!! Mesmo que seja numa dieta altamente rigorosa (ou não), pode cair nesta doce tentação porque os ingredientes são saudáveis e naturais. Bananas, queijo, manteiga de amendoim e chocolate negro… quem diria?
 
Simples, rápido (a menos que considerem 5 minutos muito tempo, claro!), saudável, super cremoso e saciante… esta têm mesmo que experimentar!

Continuar a ler

Doce de Castanhas e Baunilha

Gosto muito de castanhas… castanhas assadas, como encontramos na Rua de Santa Catarina, no Porto, nos vendedores ambulantes. Castanhas essas que me recordam tanta a infância… ou castanhas cozidas com folhas de loureiro e sal. São as minhas formas preferidas de as comer, ambas deliciosas!
 
Quase todos os anos, de um modo ou de outro, recebemos uma grande quantidade de castanhas. Ora porque em viagem se encontram castanheiros na beira da estrada, repletos de frutos tombados, ora porque alguém vai à aldeia e traz castanhas para dar e vender… assim sendo, nada se estraga! E o que costumámos fazer é cozer as castanhas excedentes e congelar. Assim o meu pai tem sempre castanhas para os assados e sopas, tal como ele gosta!
 
Em Novembro o tema do grupo Dia Um… na Cozinha! é precisamente a castanha… Confesso que nunca tinha usado castanhas em nenhuma receita, por isso resolvi experimentá-las em sobremesas claro! Reparei que todas elas continham nos ingredientes Creme de Castanhas, por isso resolvi começar pela base… e trago-vos agora um Creme de Castanhas e Baunilha, tipicamente francês (crème marrons) ideal para colher assim, à colherada, barrar no pão ou aplicar em sobremesas… que é o que irei fazer mais tarde…

Continuar a ler

Arroz de Pescada à Algarvia

A pescada é um peixe fantástico, dos meus favoritos! Muito parecida com o bacalhau, porque com ela podemos confeccionar 1001 receitas… basta dar largas à imaginação ou até mesmo inspirarmos-nos nos velhos clássicos, nas receitas típicas da gastronomia portuguesa.
 
E foi precisamente isso que me conduziu a este arroz à algarvia… o peixe esse pode ser o da vossa preferência claro. O sabor estará lá com toda a certeza! E o importante mesmo é saborear… experimentem, vale a pena e só sujam um tacho… fantástico!

Continuar a ler

Camarões Grelhados com Molho de Alho e Agriões

Não sou grande apreciadora de marisco confesso, mas não resisto a camarões (quem não gosta?) e ostras! É o único marisco que consumo (se excluirmos as delícias do mar… será que contam?!), e acho que gosto deles de qualquer forma! São simplesmente deliciosos, e muito versáteis, e o seu valor nutricional é fenomenal… neste dia saiu um entrada simples e saborosa… excelente para acompanhar uma cerveja fresquinha (para quem gostar! eu fico-me pela coca-cola).

Continuar a ler

Barcos de Papaia com Iogurte Grego

Ando a tentar alterar os meus hábitos alimentares, principalmente no que toca ao pequeno-almoço e lanche, refeições a que por norma comia imensas bolachas, chocolates, barras de cereais e muitos iogurtes gregos (tão bons!), ou seja, tudo alimentos super saudáveis e altamente recomendados por qualquer nutricionista (completamente louco só se for!).
 
Como adoro papaia e iogurte grego (já tinha referido este facto?) resolvi juntar o melhor dos dois mundos e fazer um lanche diferente e saudável… o iogurte grego ligeiro tem um excelente valor nutricional: pouca gordura e quase nenhum açúcar (é uma questão de hábito acreditem!). Enfim, um lanche absolutamente divinal…

Continuar a ler