Esparguete Salteado com Bacon e Cogumelos

Ingredientes:

  • 500 g esparguete
  • 300 g cogumelos frescos laminados
  • 150 g bacon cortado em tiras
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • azeite q.b.
  • manteiga q.b.
  • pimenta q.b.
  • sal q.b.

Preparação:

1. Leve ao lume um tacho com água e deixe ferver. Adicione um noz de manteiga e tempera com sal e pimenta.
2. Coloque o esparguete e deixe cozer, mexendo de vez em quando com um garfo para não agarrar, de acordo com as instruções da embalagem. Reserve.
3. Numa frigideira anti-aderente alta leve a lume forte um fio de azeite, a cebolas e os alhos e deixe refogar sem queimar.
4. Junte o bacon e o chouriço e deixe fritar um pouco, sem queimar.
5. Adicione também os cogumelos e deixe saltear tudo até estes perderem a água. Quando estiverem salteados adicione um pouco de sal e pimenta a gosto.
6. Adicione o esparguete ao preparado e com a ajuda de dois garfos misture tudo muito bem e deixe saltear mais uns minutos.
7. Se desejar coloque também um pouco de natas ou queijo ralado por cima.

Croissants de Chocolate Ultra Rápidos

Ingredientes:

  • 1 base de massa folhada fresca
  • 8/16 quadradinhos de chocolate negro ou de leite
  • 1 ovo batido

Preparação:

1. Estenda as bases de massa folhada sobre a bancada e corte-as em 16 triângulos utilizando o Croissant Party.
2. Coloque um ou dois quadradinhos de chocolate em cada triângulo de massa e enrole partindo da parte mais larga da massa para a mais estreita.
3. Coloque os croissants num tabuleiro sob uma folha de papel vegetal e unte-os com o ovo batido e leve ao forno pré-aquecido nos 200 ºC até ficarem lourinhos e estaladiços.

Massa de Pizza Ultra Rápida

Quem nunca viu um programa culinário do Jamie Oliver não sabe (definitivamente!) o que tem andado a perder… e os episódios “Jamie’s 30 minute Meals” são deliciosos!
Este chef inglês mostra-nos como preparar refeições completas, elaboradas, simples e saborosas em apenas meia hora! Alguns dos ingredientes não são típicos de uma cozinha portuguesa, como é o casa da minha, mas podem sempre tirar-se dicas, alterar ingredientes e… inovar, inovar, inovar!
Já a fiz cá em casa e todos aprovaram! Há não muito tempo também a experimentei com o F. e apesar das nossas pequenas divergências na cozinha resultou lindamente: as melhores pizzas homemade que já comi! Esta receita de massa de pizza que vos trago hoje é maravilhosa! Não precisa de fermentos químicos ou de padeiro, não precisa de tempo para levedar, nada de nada! Um cozinheiro menos experimente consegue fazê-la em 15 minutos! Hummmm imaginem só isto… uma pizza quentinha, de massa fina e crocante, com o vosso recheio favorito em cerca de 15 minutos?! Para quê encomendar pizzas fora?! Mãos à obra!!!

Ingredientes:

  • 250 g de farinha de trigo fina
  • 125 ml de água morna
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 colher de chá de sal grosso
  • 1 fio de azeite

Preparação:

1. Numa taça grande coloque a farinha e o fermento e misture bem.
2. Faça um buraco no meio e coloque lá a água morna e, com a ajuda de um garfo, dissolva o sal.
3. Junte o azeite e com o garfo já misturando tudo até a massa começar a descolar da taça; se necessário coloque mais farinha.
4. Quando a massa estiver a descolar, polvilhe a bancada com farinha e despeje a massa. Vá amassando-a bem com as mãos e polvilhando com farinha até que fique macia, elástica e não cole às mãos.
5. Faça uma bola e estique a massa em forma circular.
6. Recheie a gosto e leve, até ficar douradinha, a forno pré-aquecido nos 180 ºC.

Molho Especial para Carnes

Cá em casa é frequente vermos programas de culinária útil, como os considero, ou seja, onde se aprendem a fazer receitas saudáveis, rápidas e práticas, com ingredientes do dia-a-dia, sem grande poupa e circunstância! Para agradar os sentidos e claro o estômago!
Num desses programas a minha mãe viu uma receita de carnes já no final, não apanhou os ingredientes! Disse-me apenas que tinha um aspecto magnífico, que era uma espécie de bife alto, mal passado, cortado em tiras… e cozinhado pelo Jamie Oliver!
Eis a dica que precisava! Um bom espectador deste maravilhoso chef das cozinhas modernas sabe, com certeza, que nos seus molhos e temperos não falham o mangericão, o sumo de limão, os alhos, a pimenta e o sal. Com base nisso elaborei um molho para carnes delicioso, pouco calórico e perfeito para grelhados! Aqui fica a receita!

Ingredientes:

  • 16 folhas de mangericão frescas
  • 1 colher de sobremesa de massa de pimentão
  • 1 colher de café de oregãos
  • 2 dentes de alho picados
  • sumo de meio limão
  • azeite q.b.
  • pimenta q.b.
  • sal q.b.

Preparação:

1. Num almofariz coloque as folhas de mangericão levemente cortadas, os oregãos, os dentes de alho picados, o sal e a pimenta.

2. Esmague e misture tudo muito bem com a ajuda do pilão.

3. Quando tiver uma massa homogénea adicione um fio de azeite, o sumo do meio limão e a massa de pimentão e misture tudo muito bem!

4. Prove e rectifique os temperos a gosto.

Dica – pode fazer molho em quantidade e guardar num frasquinho previamente esterilizado e utilizar sempre que necessário! É um óptimo molho para substituir o sal das refeições (retire-lhe o sal e ficará delicioso), muito pouco calórico e delicioso! Ideal para carnes grelhadas.

Molho de Francesinha

Nunca tinha experimentado fazer molho de francesinha! Não por falta de vontade, mas porque a minha mãe “se recusava” a aceitar essa experiência, com medo que corresse mal e as expectativas de uma boa francesinha caíssem por terra.
Finalmente consegui que todos concordassem e, para um serão de sábado à tarde, fez-se uma bela francesinha, não fosse esta um prato típico do Porto e não estivéssemos nós na cidade Invicta! Este molho é delicioso, posso garantir! Combinei a receita da nossa querida Neuza Costa, do fórum SaborIntenso, com algumas alterações que achei por bem introduzir ou retirar, consoante o caso. Aqui fica a minha versão da receita!
Ingredientes:
  • 1 cebola picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 50g de margarina
  • 2 folhas de louro
  • 50g de corato de bacon
  • 6 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 2dl de vinho branco
  • 1 cerveja de 33cl
  • 2dl de caldo de carne (cubo de caldo de carne misturado com água
  • 2dl de água com 1 colher de sobremesa de Maizena
  • 0,5dl de Vinho do Porto
  • 0,5dl de brandy
  • Piri-piri q.b. ou 1 malagueta picada
Preparação:
1. Num tacho, leve ao lume a margarina, a cebola, os alhos, as folhas de louro e o corato de bacon. Deixe refogar.
2. Depois da cebola douradinha, junte a polpa de tomate e o vinho branco. Logo que esteja a ferver, junte a cerveja e deixe cozinhar em lume brando durante 15 minutos.
3. Passado os 15 minutos, junte o caldo de carne e a água com a maizena ao molho e deixe ferver.
4. Quando começar a ferver, retire o corato de bacon e o louro.  Passe o molho com a varinha mágica.
5. Leve novamente ao lume e junte o brandy e o Vinho do Porto.
6. Tempere com piri-piri a gosto e deixe ferver durante 2 minutos.
7. Apague o lume e sirva o molho sobre a francesinha.

Arco-íris na Cozinha

Olá!
Este blog nasceu da necessidade que sinto que partilhar com o mundo a minha paixão pela arte de cozinhar…
Não sou nenhuma profissional nem uma fadinha do lar com a sua varinha de condão… mas antes uma mulher que encontra no santuário da sua cozinha uma forma de relaxar, uma actividade serena, calma, criativa que desperta e faz vibrar os nossos sentidos!
É aqui, neste pequeno espaço, que espero compartilhar com todos vocês, o melhor que conseguir, as pequenas experiências e novidades que vão acontecendo no conforto dos tachos e panelas, dos sabores intensos e cheiros a especiarias, bem como tópicos que considere relevantes e dignos de serem partilhados!
Tal como um arco-íris, para mim cozinhar é encher a vida de cores! Mais do que isso, de cores, de cheiros e sabores que nos transportam numa viagem mágica através dos sentidos! E, como nos contos para crianças, há sempre no final desse arco-íris uma recompensa, um obstáculo superado, um objectivo alcançado, um sorriso, um abraço… conforto, felicidade, orgulho!
Juntem-se a mim nesta viagem!