9 Receitas para o Dia Mundial da Poupança

Amanhã, dia 31 de Outubro, comemora-se o Dia Mundial da Poupança. É o pretexto perfeito para vos trazer algumas receitas económicas, mas saudáveis, que evitem o óbvio: porco, frango e outras carnes mais “económicas”. O objectivo é que vejam, com os vossos próprios olhos, que é possível comer bem, bom e barato evitando o porco (carne que cá em casa raramente entra!) e o frango inteiro (cujo preço de quilo é bem barato também).
 
Trago-vos então 9 sugestões económicas, em que temos 6 pratos de peixe ou de carne e 3 sobremesas, porque a vida é curta demais para saltarmos um docinho de vez em quando! Os pratos principais custam até 1,95€ por pessoa e as sobremesas até 0,50€ por pessoa, tendo em conta as doses que cada um permite. Ou seja, em casa ou no trabalho é possível termos uma refeição farta, recheada de coisas boas e saudáveis por pouco dinheiro…
 
Se gostaram destas sugestões partilhem! Partilhem com os vossos amigos e familiares, porque certamente irão ajudar mais pessoas a poupar, a dar preferência a comer em casa, onde é mais saudável e, acima de tudo, mais barato! Viva a poupança!!!

Pratos de Peixe:
 
1. Empadão de Salmão e Espinafres – 7,35€  (1,25€/pessoa)
2. Arroz de Pescada à Algarvia – 5,30€  (1,35€/pessoa)
3. Pescada Gratinada – 6,45€  (1,10€/pessoa)
 
Pratos de Carne:
 
4. Almôndegas com Molho de Tomate e Manjericão – 7,60€  (1,50€/pessoa)
5. Tarte de Peru e Legumes – 5,45€  (1,35€/pessoa)
6. Arroz de Pato – 7,85€  (1,95€/pessoa)
 
Sobremesas:
 
7. Bolo de Bolacha, Café e Chocolate – 4,75€  (0,40€/pessoa)
8. Torta de Cenoura – 1,25€  (0,15€/pessoa)
9. Bolo de Banana e Caramelo – 1,75€  (0,25€/pessoa)

9 Receitas para Marmitar

Por vezes o nosso trabalho, a escola, a faculdade, a vida em si, exige que viajemos mais, que se alterem os nossos horários, etc. E nesse processo é fundamental sabermos o que comemos, como foi confeccionado. Assim sendo e, apesar do tempo nos fugir pelos dedos, é fundamental andarmos de marmita atrás de nós, de preferência uma marmita fácil, saudável e económica.
 
Planeamento e organização é a chave para o sucesso! Dou sempre preferência a planear as refeições de marmita se possível, ao fim-de-semana (senão for possível, no dia anterior) e assim delinear estratégias. Preparar saladas, legumes salteados, gelatinas, frutas, chás gelados, etc. E claro, para preparar o prato principal desses almoços.
 
Dou preferência a marmitas passíveis de consumir quentes ou frias, para facilitar quem não tem micro-ondas por perto… e que vêem mesmo a calhar nestes dias de calor… por isso deixo-vos 9 sugestões, as minhas favoritas! A estas refeições podem adicionar os complementos que referi acima: uma boa salada ou legumes salteados, terminando a refeição com uma gelatinas (com stevia, de preferência) ou fruta da época aos pedaços.