Compota de Figos e Vinho do Porto

Felizmente nesta época do ano os figos maduros e sumarentos abundam… juntando o útil ao agradável, quando vi a receita de compota de figos da Joana Roque, soube que tinha de experimentar! A cor da compota era maravilhosa, dourada como o mel, e assim rendi-me à receita… adaptei à quantidade de figos que tinha, ao nosso gosto quanto ao teor de açúcar da mesma e mãos à obra!

O resultado? Uma compota deliciosa (com os melhores figos pingo de mel não podia ser de outra forma!), macia e de sabor intenso a figos, quase um mel… fantástica! Se tiverem bons figos maduros não hesitem a experimentar.

Com esta receita, com estas quantidades, conseguem fazer aproximadamente 2 litros de compota, que deve ficar igualmente deliciosa se, no fim, mesmo antes de colocarem a compota em frascos, lhe adicionarem nozes.

Compota de Figos e Vinho do Porto
(adaptação de As Minhas Receitas)

Ingredientes:

  • 2 kg de figos pingo de mel
  • 1 kg de açúcar
  • 3 paus de canela
  • 125 ml de vinho do Porto

Preparação:

1. Lave os figos e corte-os em quartos.
2. Coloque-os numa panela grande juntamente com o açúcar e leve a lume médio, até que levante fervura.
3. Adicione os paus de canela e o vinho do Porto e reduza para lume mínimo.
4. Deixe a compota cozinhar e engrossar cerca de 30 minutos.
5. Retire os paus de canela, e triture a compota com a varinha mágica (passo opcional) e, para verificar se o doce está no ponto, coloque um pouco de doce num prato frio: se o líquido não deslizar e ficar coberto por uma película fina, está pronto.
6. Coloque a compota em frascos de vidro, previamente esterilizados (ver esterilização de frascos) e tape de imediato. Vire os frascos ao contrário e deixe arrefecer completamente. Guarde-os num local fresco e seco, para que se conservem durante vários meses.

Também pode gostar de

15 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.