Pastéis de Tentúgal

O pastel de Tentúgal é um doce conventual típico de Portugal, confeccionado nos finais do século XIX, criado pelas carmelitas do Convento de Nossa Senhora do Carmo de Tentúgal.
Confesso que nunca havia provado este doce conventual até o mês de Agosto passado, na festa da Senhora da Saúde e devo dizer que detestei… a massa não estava estaladiça, o creme estava aguado… enfim, um desastre! Pensei então que conseguiria fazer melhor e no fim-de-semana passado aventurei-me… DELICIOSOS!

Acompanhe esta e muitas mais experiências no Instagram do blog Arco-íris na Cozinha (aqui)!

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=I61UZGJH2s4&fs=1&source=uds&w=320&h=266]
Ingredientes para 8 pastéis:
  • 120g de massa filo
  • 20g de manteiga derretida
  • 12 gemas
  • 250ml de água
  • 300g de açúcar
  • açúcar em pó q.b.
Preparação:
1. Leve ao lume um tacho com a água e o açúcar e mexa até dissolver. Deixe ferver durante 2 minutos e reserve. Deixe arrefecer.
2. Entretanto, numa taça coloque as gemas de ovo e mexa-as sem bater.
3. Adicione às gemas um bocado de calda de açúcar e misture bem.
4. Adicione as gemas à calda de açúcar e misture tudo muito bem. Leve a lume brando, mexendo sempre, até obter um creme espesso e sem grumos. Reserve e deixe arrefecer.
5. Junte duas folhas de massa filo e corte-as em quatro iguais. Coloque 1/8 do creme na extremidade de uma delas e enrole o pastel (o vídeo acima dá uma ajudinha a perceber a ideia) usando a manteiga derretida para colar a massa. Vire as pontas para cima e repita o mesmo procedimento para os restantes pastéis.
6. Coloque os pastéis num tabuleiro com papel vegetal e leve-os a forno pré-aquecido nos 180 ºC durante cerca de 10 minutos, até ficarem estaladiços e dourados.
7. Deixe arrefecer os pastéis e polvilhe-os abundantemente com açúcar em pó.

Também pode gostar de

15 comments

  1. este pastel já me é conhecido há muito tempo, pois em Belém, ja até faleceu a sra. BARBARA, ela só vivia desse pastel , vendia para quase todo Brasil. Ela mesma fazia a massa, eu aprendi com ela em 1980

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.